Eleições Municipais (Empresariais) 2008


Londrina poderia esperar até 8 candidatos a prefeito este ano, porém, após o escândalo na câmara, o vereador Orlando Bonilha caiu fora da jogada com a sua renuncia. Bonilha (PR) está na mira de oito processos judiciais em que é acusado de extorsão e formação de quadrilha. Quem presidia a comissão processante de Bonilha é um outro candidato ao executivo e atual vereador na cidade, Tercilio Turini (PPS).
Além desses citados acima – onde só um provavelmente irá entrar as eleições -, restaram 6 candidatos “piolho-de-eleição”.
Eles tentaram nas ultimas eleições ou já foram prefeitos da cidade alguma vez, todos exercem cargos federais ou estaduais e agora preparam suas receitas/despesas, contatos jornalísticos, filiações e partem para a disputa de 2008. Uma pesquisa feita no final de 2007 pela Canadá Pesquisas mostra Belinati com 36,9%, seguido por Barbosa Neto, com 23,5%. Hauly vem 10,8%, André Vargas e Cheida, empatam no 3,4%, Tercílio Turini, do PPS, com 2,8% e Canziani na lanterna com 1,8%. Brancos e nulos, 7,1% e indecisos, 10,1%. A pesquisa ouviu 493 eleitores londrinenses.
As eleições deste ano trazem um destaque: Um quarto dos deputados federais serão candidatos a prefeito em 2008. Assim, cento e treze, dos mais de 500 candidatos, pretendem se candidatar a prefeito deixando na Câmara um suplente no lugar. A informação é do Congresso em Foco e nessa consta que 8 deputados federais tentarão eleições nos municípios do Paraná – 4 deles em Londrina.
Cada deputado abaixo tem um custo anual que ultrapassa a marca de milhões de reais. Os deputados federais custam aos cofres públicos R$ 99.467 por mês, o equivalente a 284 salários mínimos de R$ 350 – o que somando seus 15 salários anuais dão mais de R$ 1,49 milhões. Já os deputados estaduais podem ter o custo que ultrapassa os R$ 4,2 milhões anuais. Para simplificar, um exemplo popular: Atualmente o Belinati custa ao estado um “PAI + Inauguração” por ano.
Portanto, segue a relação de nomes e partidos dos futuros candidatos a prefeitura de Londrina em 2008. Os dados acompanham fotos e informações financeiras de campanhas nas eleições de 2006, onde todos abaixo conseguiram algum cargo federal ou estadual.

Nome: Homero Barbosa Neto
Nome para urna eletrônica: BARBOSA NETO
Partido Político: Partido Democrático Trabalhista (PTB)
Grau de Instrução: Superior completo – Jornalista
Ocupação: Deputado Estadual
Eleito pela Coligação Paraná de Verdade (PP / PDT / PTB / PSB) com 132.674 votos (2,48%)
Receitas para campanha de 2006 (TSE): R$ 181.475,50
Destaques na receita (ver todas):
>UNIMED DO ESTADO DO PARANÁ – R$ 50.000
> UNIÃO NORTE DO PARANA DE ENSINO – R$ 40.000
> Diretório Nacional PDT – R$ 25.000

Declaração de Bens
Apartamento Edifício Renoir, Londrina, PR R$ 12.364.00
Banco Itaú, CC 28309-9, AG 3878 R$ 546.15
Apartamento Residencial Top Life, Londrina, PR R$ 24.301.20
Capital Social Empresa HBN Propaganda R$ 2.970.00
Datas de Terras n 13, área 287,53m2 R$ 31.100.00
Imóvel Residencial, Rua Santiago, Londrina, PR R$ 400.000.00
Quotas Itaú Personalite Longo Prazo R$ 73.208.38



Nome: Luiz Eduardo Cheida
Nome para urna eletrônica: CHEIDA
Partido Político: Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB)
Grau de Instrução: Superior completo – Médico
Ocupação: Deputado Estadual
Eleito pela coligação (PMDB) com 39298 votos (0,74%)
Receitas para campanha de 2006 (TSE): R$ 324.100,73
Destaques na receita (ver todas):
> MILÊNIA AGRO CIÊNCIA – R$ 40.000
> EDITORA FTD S/A – R$ 32.520
> USINA ALTO ALEGRE S/A – R$ 30.000

Declaração de Bens
APTO CURITIBA R$ 82.000.00
CAPITAL SOCIAL EMPRESA CHEIDA & CIA LTDA R$ 2.000.00
CASA EM LONDRINA R$ 215.000.00
CONSORCIO VEICULO HONDA CIVIC 2000 R$ 14.102.34
QUOTAS CAPITAL DA UNIMED R$ 1.309.18
QUOTAS EMPRESA UNICRED R$ 3.071.85



Nome: Antonio Casemiro Belinati
Nome para urna eletrônica: BELINATI
Partido Político: Partido Progressista (PP)
Grau de Instrução: Ensino Médio Completo
Ocupação: Deputado Estadual / Locutor e Comentarista de Rádio e Televisão; Radialista
Eleito pela coligação (PP / PDT / PTB) com 81157 votos (1,52%)
Receitas para campanha de 2006 (TSE): R$ 31.037,44
Destaques na receita (ver todas):
> CREARE ADMINISTRADORA DE MOVEIS E IMÓVEIS LTDA. – R$ 22.000

Declaração de Bens:
57.500 Ações Bamerindus R$ 122.46
Apartamento Edifício Costa do Marfim, Londrina PR R$ 198.794.55
Apartamento Edifício Vista do Sol, Curitiba PR R$ 62.457.55
Automóvel GM/Omega 1996 – AEB-2500 R$ 33.000.00
HSBC Banco Brasil S/A – Previdência R$ 3.528.00
HSBC Bank do Brasil S/A R$ 302.66
HSBC Bank do Brasil S/A R$ 22.190.51
HSBC Bank do Brasil S/A R$ 7.309.37
Linha Telefônica R$ 3.053.47
Linha Telefônica R$ 1.249.14
Linha Telefônica R$ 1.596.13
Lote Terras 249-1A – 55,728m2 R$ 40.788.26
Lote Terras 249-2, 58,170m2, Gleba Cafezal R$ 78.122.04
Lote Terras Jardim Londrilar contendo uma residência R$ 131.854.81


Nome: André Luiz Vargas Ilário
Nome para urna eletrônica: ANDRÉ VARGAS
Partido Político: Partido dos Trabalhadores (PT)
Grau de Instrução: Superior completo
Ocupação: Deputado Estadual
Eleito pela coligação Paraná Unido (PT / PHS / PL / PAN / PRB / PC do B) com 83.222 votos (1,56%)
Receitas para campanha de 2006 (TSE): R$ 307.674,14
Destaques na receita (ver todas):
> Comitê Financeiro Único PT(PR) – R$50.000
> EDEME CONSTRUÇÕES CIVIS – R$21.700
> DESTILARIA AMERICANA SA – R$10.000

Declaração de Bens
COD 21 AUTOMÓVEL FORD F-250 PLACA DAN-3249 ANO 2001 R$ 80.000.00
COD 32 1% DAS COTAS DE CAPITAL DA EMPRESA HUM NOVE NOVECOM. ARM. E UTIL. LTDA R$ 100.00
COD 63 TRANSFERÊNCIA EM DOAÇÃO DE R$ 43.000,00 PARA EIDILAIRA SOARES GOMES EM 2004 R$ .01



Nome: Luiz Carlos Jorge Hauly
Nome para urna eletrônica: HAULY
Partido Político: Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB)
Grau de Instrução: Superior Completo
Ocupação: Deputado Federal
Eleito pelo PSDB com 111.506 votos (2,08%)
Receitas para campanha de 2006 (TSE): R$ 1.008.606,43
Destaques na receita (ver todas):
> URUCUM MINERACAO S/A – R$ 100.000
> NORTOX S/A – R$ 100.000
> IBS-INSTITUTO BRASILEIRO DE SIDERURGIA – R$ 100.000
> BOLSA DE MERCADORIAS E FUTUROS – R$ 100.000
> EMBRAER EMPRESA BRASILEIRA DE AERONAUTICA – R$70.000
> KLABIN S/A – R$ 70.000
> COPERSUCAR – COOPERATIVA DE PRODUTORES DE CANA DE ACUCAR – R$ 50.000

Declaração de Bens:
05 linhas telefonicas R$ 5.204.55
1/3 chacara em Primeiro de Maio 2000 m² R$ 8.000.00
1/8 de uma casa no Jd. Shangrila – Londrina R$ 2.230.84
1/8 terreno com 6.015 alqueires – Cambe R$ 3.202.02
25% de 8 Alqueires-Gleba Floresta-Cambé R$ 9.975.00
25% terreno 32,90 Gleba Ribeirão Vermelho R$ 64.400.00
BB RF LP 150 mil R$ 149.511.30
Casa Rua Carlos Sawad, 201 Cambé R$ 32.941.48
Sala Comercial Ed. Pioneiros-Cambe R$ 5.684.78
Veiculo Blazer Executive 2001 R$ 50.000.00
Veiculo Vectra GLS 1998 R$ 30.000.00
apartamento Rua Buenos Aires, 286 R$ 79.844.40
apartamento Rua Pio XII, 481 ap 601 R$ 157.738.27
capital corol Coop. A. Rolândia R$ 5.553.18
terreno 2,9 alqueires – Rolandia R$ 12.149.64
terreno com 18,9 Alqueires – Cambe R$ 78.660.27



Nome: Alex Canziani Silveira
Nome para urna eletrônica: Alex Canziani
Partido Político: Partido Trabalhista Brasileiro (PTB)
Grau de Instrução: Superior completo
Ocupação: Deputado Federal
Eleito pela coligação Coligação Paraná de Verdade (PP / PDT / PTB / PSB) com 111.472 votos (2,08%)
Receitas para campanha de 2006 (TSE):R$ 1.059.145,83
Destaques na receita (ver todas):
> BRASTUBO CONSTRUCOES METALICAS LTDA –
R$ 100.000
> VIA SERVICOS INTEGRADOS S/C LTDA – R$ 112.000
> MILENIA AGROCIENCIAS S/A – R$ 40.000
> PRIMO SCHINCARIOL IND DE CERVEJAS > R$30.000

Declaração de Bens:
Automóvel Citroen/Xsara Picasso SX 2001/2002 R$ 40.000.00
Automóvel Passat 94/95 R$ 17.000.00
Automóvel Passat 98/99 R$ 34.000.00
Capital integralizado Londritec R$ 3.283.92
Parte Ideal 1/4 Apartamento Edifício Barão do Catuaí, Londrina PR R$ 30.359.94
Parte Ideal 1/4 da metade do Prédio A. Julio Estrela Moreira R$ 48.127.69
Parte Ideal de 1/4 de imóvel rural Sovaí, Município de Jaguapitã PR R$ 88.828.51
Parte Ideal de 1/4 do Sítio Santa Rosa do Viterbo, Londrina PR R$ 34.698.63
Parte Ideal de 1/4 do imóvel rura Fazenda Estrela, município de Colorado PR R$ 117.975.38
Parte ideal de 1/4 de 50% de 1.10 em 18 Chácaras em comum, situada na Gleba Primavera em Londrina PR R$ 867.45
Parte ideal de 1/4 do imóvel rural Sovai 05, Município Jaguapitã PR R$ 111.035.65
Prédio desapropriado para União Federal R$ 6.939.72
Sala 04 Edifício Metropole, Londrina PR R$ 6.450.56
Terreno no Royal Golf Residence R$ 309.607.53
Unidade Autônoma comercial sala 108 Edifício Metropole R$ 22.585.06
AUTOMÓVEL SANTANA PRETO R$ 22.000.00

Dar, receber e a reciprocidade politizada

Hoje em dia não há segredo algum em dizer que um candidato recebe incentivos de empresas privadas durante o período eleitoral. Sabemos que essas empresas defendem o capital e a classe que lhes cabem: Burguesa. Temos conhecimento também que nenhum empresário gosta de rasgar dinheiro, ou simplesmente dá-lo – e por mais humanitária que seja a atitude, ainda prevalecerá o interesse próprio.

Com os dados listados acima, podemos afirmar que uma eleição exige um investimento amplo. Nas eleições de 2006, se somado todos os gastos de candidatos ao legislativo nacional, teremos mais de R$ 19,79 bilhões em despesas. Dos 18 mil candidatos, somente 6 declararam não gastar nada.

Todos os possíveis candidatos à prefeitura de Londrina são economicamente estáveis, segundo as próprias declarações. Alguns têm o passado tão extenso que só um livro-reportagem poderá nos mostrar a ponta-do-iceberg, como o populista Belinati, que já teve seu mandato cassado há menos de 10 anos atrás e coordenou um dos maiores esquemas de corrupção de Londrina: O Caso Ama/Comurb. O ex-prefeito silenciou a imprensa, enriqueceu na vida publica, inseriu a familia na política e foi excretado pelo lendário lema “Rouba, mas faz”. Todas as informações podem ser encontradas no livro “Imprensa e Política: O Caso Belinati”, do jornalista Fabio Silveira.

A Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), que ajudou Hauly com R$100 mil, tem uma paquera duradoura com o deputado tucano. Mesmo recheando a sua esperança de futuro deputado com sentimentos milionarios, a BM&F o convidou para um tour em território estadunidense onde ele e mais 6 companheiros, todos com as despesas devidamente pagas, visitaram bolsas de valores, universidades e órgãos do governo americano, além de participarem de uma solenidade de entrega do título de “Homem do Ano 2007” para o presidente da BM&F, Manoel Felix Cintra Neto. As informações são do Congresso em Foco.

A BM&F não poupou doações nas eleições de 2006. O dinheiro direcionado ao cofres de campanhas ultrapassa o valor de R$ 3 milhões. Vinte e um candidatos do PFL receberam o apoio, que tinha o valor maximo de R$100 mil. O PSDB também foi um dos beneficiados: 18 candidatos receberam quantias que podiam chegar a cem mil (como Hauly, que foi o único tucano com essa quantia recebida). O PT teve sete candidatos na lista da Bolsa e o valor máximo repassado foi de R$50 mil.

Outro exemplo: Luiz Eduardo Cheida ganhou seu maior repasse da Editora FTD. O ex-prefeito de Londrina tem 6 livros publicados pela editora (2 em 1989 e 4 em 2002). O tema que os livros abordam é “ecologia”. Nas eleições de 2002, Cheida foi beneficiado com mais de R$ 85.000 pela FTD.

Ainda sobre Cheida, numa analise mais intrínseca, a Associação de Proteção ao Meio Ambiente de Cianorte (APROMAC – http://www.apromac.org.br/CAN_CHEIDA.pdf) traz algumas questões extremamente relevantes sobre o candidato. O Deputado sempre esteve envolvido com o meio-ambiente. Atualmente é presidente da Comissão de Ecologia e Meio Ambiente da Assembléia Legislativa do Paraná, mas as receitas de Cheida mostram um lado ecologicamente-nada-correto (ou extremamente controverso). A Milênia, que cede mais de R$40.000 para ajuda nas despesas de Cheida para candidatura estadual, é uma empresa fabricante de agrotóxicos que se recusa (informação de 2006/07) a fazer Estudos de Impacto Ambiental. Outras empresas comprometidas com a receita de Cheida são criticadas por suas condutas nada favoráveis ao meio-ambiente na pagina da APROMAC. Em 2002, Cheida recebeu R$ 30 mil para as despesas.
Outra empresa que merece “destaque” é a Usina Alto Alegre que ajudou os cofres do PMDB com mais de R$ 200 mil.
Os trabalhadores da usina aumentaram a quantidade de 6,86 toneladas de cana cortada por dia em 2004 para 8,74 toneladas/dia na safra de 2007 – Na época da escravidão, a “meta-diária” era de 4 toneladas.

Uma boa proposta é questionar o motivo principal das doações para campanhas por parte das empresas privadas. O candidato defende qual ala? Necessidades básicas ou a expansão econômica da burguesia? Essa estranha parceria entre um candidato a um cargo público e o dinheiro das empresas que só visam o lucro, é certa ou errada?
Afinal, de que lado o candidato esta: Do que dá a receita ou do que cede o voto?

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em candidatos locais, Eleições 2008, legislativo municipal, Londrina, política

4 Respostas para “Eleições Municipais (Empresariais) 2008

  1. Pingback: O perfeito lobby das bolsas de valores « Cara de Paisagem

  2. Pingback: Quanto custa um deputado? « Cara de Paisagem

  3. Fabio

    O legal eh q o apartamento e o Barbosa neto declara por 12 mil, no mesmo predio estao vendendo um por 75mil, sera q o dele eh soh o quarto de empregada??

  4. eu queria que o adelino ganhasse

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s