Ta difícil…


Vilson Machado (PSOL) não está encontrando facilidades na sua representação ( nº 10/2008 ) contra 14 vereadores (vários já afastados). Ela voltou na estaca zero, pois, ao que parece, Vilson não explicou mundo bem o modus operandi do mensalinho da TC Grande Londrina e a compra de votos para a presidência da Casa.
A Vice-Presidenta da Câmara, Maria Angela Santini (PT) classificou a acusação de “confusa” e o procurador achou melhor pedir mais informações ao denunciante Vilson Machado (PSOL). Agora é esperar e ver no que vai dar.

Acompanhe a tramitação:

12.6.2008: encaminhada à Procuradoria Jurídica;

11.8.2008: o Procurador Jurídico indica a intimação do autor para que apresente emenda à inicial, descrevendo de forma particularizada o “fato determinado” e seu autor (vinculando-os, de forma expressa e específica), como, também, o suporte fático-jurídico;

12.8.2008: encaminhado o processo à Vice‑Presidenta;

15.8.2008: determinado o envio de correspondência ao autor intimando-o a apresentar emenda à inicial;

19.8.2008: enviada correspondência ao autor;

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em candidatos locais, Eleições 2008, legislativo municipal, Londrina, política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s