Confissões de um (quase) ex


Texto enviado pelo Leitor Infiltrado

Alguns secretários municipais já não escondem a estafa e o desgaste de ir até dezembro com um governo que acabou muito antes do tempo, fora um prefeito totalmente ausente.

Nessa rodas de conversas de auto-ajuda entre secretários de uma prefeitura que pouco inovou, o chefe da pasta dá a letra para o herdeiro do abacaxi: reduza secretarias (“acabe com esse negócio de secretaria de Mulher, Idoso…“) e mantenha serviços terceirizados, mas com aumento da fiscalização às empresas com contratos de capina, roçagem, varrição, lixo, e sobre empreiteiras que tocam obras para a Prefeitura.

No mais, o tal secretário agora conta os minutos para ser ex e gozar de algumas boas férias, para depois voltar a ser um cidadão comum, quando pretende “jogar algumas pedras no próximo prefeito”. Sai um bocado traumatizado com esse negócio chamado administração pública municipal – a qual não quer ver nunca mais nem pintada de ouro.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em candidatos locais, Leitor Infiltrado, Londrina, política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s