As faces de um partido


Após o PTdoB, partido do presidente do Sindserv, Marcelo Urbaneja, ter pouca expressividade em votos, a estratégia foi usar as peças que ainda restavam no tabuleiro. Eram duas: Hauly dos Tucanos ou Belinati dos Pepistas. Ficaram com Belinati.

O que é um ótimo momento para lembrar que, mesmo quando teve o mando de campo no debate do Sindserv, Urbaneja foi ofuscado por Belinati e sua popularidade. O candidato do PTdoB foi um crítico ferrenho da campanha petista nos debates e sempre lembrava na “Lamaçal” (sua novela eleitoral) que os deputados recebiam altos sálarios, questionando a necessidade de político bem de vida ser prefeito de Londrina.

Agora, um papo facilmente ouvido em rodinhas nos setores menos privilegiados do funcionalismo é que a birra de Urbaneja com Nedson era pessoal, e todo mundo pulou da ponte atrás de Urbaneja. Isso só colaborou ainda mais com a tese de servidores que nunca receberam aumentos salariáis durante a gestão petista: Urbaneja ajudou ou piorou com a greve?

Para seguir com o desfecho do apoio do PTdoB com Belinati, seguem dois manifestos: Um de um membro do partido, Enéias de Oliveira Cesar (vice de Urbaneja) e o outro é a réplica do PTdoB sobre o posicionamento do vice.

Nota de Esclarecimento Público

Com surpresa e indignação recebi a notícia veiculada na imprensa de que o PT do B-Partido Trabalhista do Brasil de Londrina manifestou apoio oficial à candidatura de Antonio Belinati. Com surpresa, em razão de que no último dia 09/10 em reunião realizada na sede do Partido a maioria dos presentes decidiu, por votação aberta, em não apoiar tal candidatura. Com indignação pelo fato de que o perfil do candidato em questão não se faz compatível nem com os ideais constitutivos do PT do B muito menos com as propostas de governo de nossa candidatura de cuja elaboração fui colaborador. Em consideração à minha cidade e especialmente àqueles de meu relacionamento pessoal e profissional, para que não se vejam igualmente surpreendidos e indignados, ratifico aqui minha posição contrária à do PT do B local, do qual me afasto imediatamente, agradecendo o respeito com que me receberam nesta campanha eleitoral. Londrina, 20 de Outubro de 2008.

ENÉIAS DE OLIVEIRA CÉSAR- candidato a vice-prefeito pelo PT do B

E a manifestação do PTdoB sobre as palavras acima:

O PTdoB de Londrina através de sua executiva vem a público lamentar sobre o pronunciamento individual e antipartidário do Sr. Enéias de Oliveira César, filiado deste partido.
O Partido esclarece também que o filiado não ocupa nenhum cargo de direção na executiva municipal, portanto não tem autonomia para falar em nome do partido, e muito menos o direito de confundir o eleitorado londrinense com pronunciamentos não verdadeiros e tendenciosos.
O PTdoB Londrina seguindo orientação de sua executiva estadual e de comum acordo com os membros de seu diretório local, reafirma seu total apoio a campanha do candidato a prefeito Antônio Belinati (PP).

Waldomiro Petricelli
Presidente PTdoB Londrina

Resta saber: Quantas cadeiras esses partidos e políticos que estão coligando com os que sobraram terão em nossas secretarias e cargos comissionados?

É lá que a gente vai descobrir quanto realmente vale um voto.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em candidatos locais, Eleições 2008, legislativo municipal, Londrina, Manipulações, política, protesto, você sabia?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s